Social

Projeto Mães da Favela ON recebe apoio da Lello e leva internet grátis para cerca de 10 mil pessoas

Por meio de uma parceria com a Central Única das Favelas (CUFA) a Lello Condomínios apoia o projeto Mães da Favela ON que busca democratizar o acesso à internet para 2.300 famílias de favelas em São Paulo.

 

A ação deve impactar aproximadamente 10 mil pessoas e o benefício tem duração de seis meses. A Lello é uma empresa que chega para somar a este projeto que busca levar internet para cerca de 2 milhões de pessoas até o próximo ano.

O apoio da Lello ocorre desde o começo da pandemia e tem um potencial de inclusão significativo já que provê o acesso aos conteúdos voltados à educação e ao empreendedorismo. A ação disponibiliza conexão aberta à internet em diversos pontos de 150 complexos de favelas nos 26 estados do país mais Distrito Federal, além da distribuição de 500 mil chips de internet da Alô Social para mães cadastradas nas bases da CUFA em quase 5 mil favelas.

De acordo com Angélica Arbex, Gerente de Marketing e Inovação da Lello Condomínios, a ideia de apoiar a causa surgiu por conta do dia do síndico, comemorado em 30 de novembro. “Sempre buscamos uma forma de comemorar essa data e nada mais relevante do que promover um maior acesso à internet para os moradores de favelas, especialmente no contexto da pandemia, em que estar conectado e bem informado se torna ainda mais relevante. Contribuir para o desenvolvimento da sociedade em que estamos inseridos é parte de nosso propósito”, destaca.

Por meio da parceria será feita  distribuição de 2.300 chips de internet e enquanto o retorno às aulas presenciais não foi totalmente estabelecido, a ajuda também permitirá acesso aos conteúdos de ensino e atividades online para muitas crianças e adolescentes.

“Manter as famílias conectadas é uma necessidade de sobrevivência. Apoio a projetos de inclusão digital e que abarquem áreas como educação e empreendedorismo, como o Mães da Favela ON, potencializam oportunidades e possibilidades para essas mães e famílias. A Lello Condomínios entende isso e apoia a Cufa desde o começo da pandemia” ressaltou Celso Athayde, Fundador da Cufa.

Sobre a Lello Condomínios: Fundada em 1954, a Lello é líder no segmento de administração de condomínios no país. Ao todo, são mais de 3 mil empreendimentos atendidos pela empresa, que atua na organização, otimização e orientação. Com grande foco em inovação, a Lello investe de forma consistente em pesquisas sobre a vida em comum por meio do Lellolab.

Sobre a CUFA: A CUFA promove projetos sociais nas áreas da educação, lazer, esportes, cultura e cidadania, como grafite, DJ, break, rap, audiovisual, basquete de rua, literatura, além de outros eventos, como a Taça das Favelas e o Hutúz Rap Festival.

Durante a pandemia do Covid-19, com o intuito de amenizar as dificuldades que os moradores de favela enfrentam, por conta do isolamento, a instituição criou o CUFA Contra o Vírus, que arrecada doações de mantimentos e distribui para moradores de mais de 5 mil favelas de todo o Brasil; e o Mães da Favela, que contempla com uma bolsa de R$ 240 para milhões mulheres moradoras desses territórios, que chefiam os seus lares.

Crédito: Divulgação
Fonte: Núcleo Serviços

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar