Indústria Imobiliária

Presença de animais de estimação leva mercado imobiliário a investir em espaços pet

STJ decidiu esta semana que condomínios não podem proibir pets em prédios residenciais, mas áreas comuns voltadas para os animais já fazem parte de projetos imobiliários

 

Em decisão unânime, os ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) liberaram na última terça-feira (14) a presença de animais domésticos em condomínios. A mudança de comportamento dos brasileiros já se reflete na presença de espaços dedicados aos pets nos empreendimentos de construtoras como a MRV, maior empresa do setor na América Latina.

Em Curitiba (PR), o residencial Spazio Cosenza, construído pela empresa no bairro Pinheirinho, tem um espaço dentro do condomínio dedicado aos animais de estimação. A moradora Heloísa Haas conta que o espaço pet fez toda a diferença na escolha do apartamento. “Nos outros condomínios, eu e meu filho teríamos que passear com o Teló, nosso cachorro, na rua. Com o espaço pet dentro do Cosenza, podemos caminhar com ele com muito mais segurança”, comenta Heloísa. “O espaço pet foi o que me conquistou na hora da compra”.

O gestor executivo de vendas da MRV, Willians Ribeiro, afirma que, assim como a Heloísa, muitos compradores buscam condomínios que tenham áreas exclusivas para seus pets como um diferencial. “O número de famílias com animais de estimação só tem aumentado nos últimos anos. E isso acontece em todas as faixas de renda. Pensando em criar um ambiente acolhedor também para essas famílias, temos investido em empreendimentos com espaços pet no Paraná”, destaca Willians. Entre os residenciais da empresa estão o Reserva Casa Blanca, em São José dos Pinhais, e o recém-lançado Château Belvedere, em Curitiba.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil tem a quarta maior população total de animais de estimação no mundo, com 132,4 milhões. Dentro destes, estão 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos.

A MRV
Fundada em outubro de 1979, em Belo Horizonte, a MRV é líder nacional no mercado de imóveis econômicos e a primeira construtora da América Latina a oferecer energia fotovoltaica para seu segmento de atuação. Presente em mais de 150 cidades de 22 Estados e no Distrito Federal, a companhia tem como compromisso contribuir para o desenvolvimento e transformação social investindo nas comunidades onde atua, melhorando a qualidade de vida de seus habitantes. Somente nos últimos três anos, investiu mais de R$ 770 milhões em obras de infraestrutura, com a construção de parques, praças, escolas, creches, Unidades Básicas de Saúde, Estações de Tratamento de Esgoto, obras viárias, entre outros.  Em seus 39 anos de atividade, já vendeu mais de 400 mil unidades.

Crédito: Divulgação
Fonte: PG1 Com

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar