Indústria Imobiliária

Multinacional espanhola do mercado imobiliário, Grupo Lar chega a São Paulo no segmento residencial de médio e médio-alto padrão

O Grupo Lar, holding familiar espanhola que atua há 50 anos exclusivamente no mercado imobiliário, desenvolvendo e gerindo ativos imobiliários com estratégia de diversificação de riscos, marca, em 2020, sua entrada oficial na cidade de São Paulo no segmento residencial de médio e médio-alto padrão. Com atuação tanto na Espanha quanto no exterior, o Grupo Lar trabalha nos setores de shopping centers, logística, lajes corporativas e incorporações residenciais para venda e renda.

Com landbank de aproximadamente R$1.5 bilhão no Estado, metade disso na capital, a incorporadora prevê o lançamento de no mínimo 7 projetos na cidade nos próximos 15 meses. Com isso, a operação brasileira do Grupo Lar aumentará significativamente sua participação no faturamento internacional do grupo, colocando o Brasil em posição de destaque e destino preferencial para novos investimentos.

O início da atuação da companhia na cidade marca o redesenho dos processos e políticas corporativas do Grupo Lar no Brasil, já que, desde 2010, a companhia esteve ativa no interior do Estado, tendo lançado 4 grandes empreendimentos em Jundiaí e Campinas, com quase 2 mil unidades residenciais comercializadas.

São Paulo é uma cidade global e estratégica para todos os players internacionais, centro financeiro e cultural da América Latina, e o que o Grupo Lar quer produzir aqui são empreendimentos que poderiam estar localizados nos melhores lugares das maiores cidades da Europa ou América. Entendemos que as distâncias e as diferenças entre os povos são cada vez menores, e que muito do jeito de morar do Europeu já é vivido por aqui, mas queremos aproximar ainda mais estas culturas, misturar tudo e melhorar o que já existe”, conta o Diretor Geral da empresa no Brasil, Guilherme Carlini.

Carlini ainda frisa que o paulistano é cosmopolita, moderno, gosta de conhecer o novo e de ter experiências para além das nossas fronteiras, e o Grupo Lar, com sua solidez financeira, veia cosmopolita e multicultural e atuação multinacional, pode em muito contribuir para a criação de uma cidade mais humana e moderna, desenvolvendo empreendimentos residenciais únicos, com o carimbo de quem tem feito isso em diversos países nos últimos 50 anos.

Apesar dos lançamentos previstos pela companhia para os próximos 15 meses serem fundamentalmente residenciais, o Grupo Lar Brasil lançará também empreendimentos de uso misto, “de acordo com o que a Lei de Zoneamento e o plano diretor incentivam desde sua revisão nos últimos anos”, informa o executivo. Todos os empreendimentos e terrenos adquiridos pela incorporadora prezam por boa localização e proximidade a estações de metrô e grandes vias, nos melhores bairros da cidade.

Além dos quase R$1.5 bi no landbank, a empresa continua prospectando novas oportunidades de negócios, com aproximadamente 600 milhões no pipeline de terrenos, todos na cidade de São Paulo.

Mas por que agora?
A partir de 2018, em período pós crise brasileira, com melhora dos índices de confiança da população e empresariado, com a perspectiva de juros cada vez mais baixos, inflação controlada e aprovação da Lei que regra os distratos, os controladores do Grupo Lar entenderam que era hora de dobrar a aposta no País, focando os investimentos inicialmente na cidade de São Paulo, mercado que primeiro se beneficiou da melhora na economia.

“Mesmo nos piores anos da crise, se lançou ou vendeu em torno de 25.000 unidades residenciais por ano na cidade de SP, o que é muito significativo se comparado a algumas outras capitais onde o Grupo Lar opera”, conta Guilherme Carlini. Com a retomada da economia, que culminou em um dos melhores anos para o mercado imobiliário paulistano em 2019, ratificou-se o interesse de investimento na praça; um novo planejamento estratégico foi aprovado e um processo de remontagem da operação entrou em vigor. “Nosso mercado imobiliário na capital é sólido. Isso, associado à vantagem da solidez de uma multinacional e seu investimento em mercados a longo prazo, resultou na combinação ideal para alavancar o projeto brasileiro”, afirma Carlini.

Desde então, o Grupo Lar tem se preparado; em um ano, adquiriu 7 terrenos, aumentou e profissionalizou equipes e reformulou suas políticas internas. A companhia ainda conta com ativos que contribuem grandemente para solidificar sua atuação nacional, como o acesso ao mercado de capitais e linhas de financiamento estrangeiros, o intercâmbio de melhores práticas entre diversos países, o intercâmbio profissional de seus funcionários e a transposição dessa riqueza multicultural aos seus projetos, antecipando todo tipo de tendência.

Estratégia pós pandemia
O Grupo Lar chega com força em São Paulo, mas precisou readequar sua estratégia de negócios para os imprevistos desse ano diferente. “Nosso plano para esse ano era lançar 6 projetos, 4 deles na cidade de São Paulo, mas como a maioria das empresas do segmento, precisamos rever nossos planos para 2020. Mas continuamos os trabalhos, queremos lançar ao menos 2 projetos na cidade nesse segundo semestre”, enfatiza o Diretor Geral do grupo no Brasil.

Ainda assim, com os lançamentos previstos para até o fim de 2021, o Brasil deve se tornar o key country para a atuação residencial do Grupo Lar. “O mercado imobiliário brasileiro vem se desenvolvendo todos os dias. E o engraçado é que só percebemos isso quando convivemos mais com o que acontece lá fora. Penso que todas as dificuldades históricas do setor, principalmente o custo alto do capital, ao longo dos anos, fez com que todos os stakeholders atingissem um nível de sofisticação interessantíssimo. Além disso, todo o ecossistema de construtechs que surgiu nos últimos anos vem provocando pequenas grandes disrupções no setor, elevando o nível das discussões e empregando cada vez mais tecnologia no dia a dia das nossas empresas. Gosto de pensar que estamos trabalhando para que nos tornemos uma operação modelo no Brasil, e um benchmark para as operações do Grupo Lar nos outros países”, finaliza Carlini.

Sobre o Grupo Lar Brasil
O Grupo Lar Brasil é uma incorporadora que faz parte da multinacional espanhola do mercado imobiliário Grupo Lar, especializada em investimento e gestão de ativos imobiliários, presente na Espanha, Polônia, Romênia, México, Brasil, Colômbia e Peru. Criar espaços contemporâneos, unindo referências multiculturais, inovação e sustentabilidade são premissas da incorporadora que, em 2020, chega a São Paulo. O Grupo Lar Brasil atua no segmento residencial, construindo espaços mistos, cosmopolitas, plurais e inovadores.

 

 

Sobre Guilherme Carlini
Engenheiro Civil pela FAAP, Guilherme Carlini possui MBA em Real Estate pela USP e em Administração de Empresas pela USF. O executivo iniciou sua carreira na Diâmetro Empreendimentos, uma companhia do Grupo KON Engenharia, e depois de ter fundado a Terra Base, participado de diversos projetos residenciais, comerciais e industriais, trabalhou na Gafisa por 9 anos, deixando a empresa como Diretor Executivo de Incorporação no final de 2018. Atualmente, Carlini é Diretor Geral do Grupo Lar Brasil.

 

 

Crédito: Divulgação
Fonte: Divulgação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar