Indústria Imobiliária

Construtora San Remo programa volta de funcionários com ações específicas

Assistência social e de saúde contemplam as ações da empresa com foco nos funcionários

 

Um olhar que vai além da rotina de trabalho. Em tempos de Covid-19, a Construtora San Remo, que sempre exerceu um papel humanitário ao longo de sua atuação, agora prepara a volta dos funcionários ao trabalho depois de 20 dias de paralização em atendimento às recomendações de isolamento social para frear a disseminação do Coronavírus.

“Todos os funcionários são orientados sobre como devem se comportar nesse retorno ao trabalho, que acontece em uma rotina especial desde a chegada, com medição de temperatura e medidas de higienização”, explica a diretora de marketing da construtora, Aline Moritz Perussolo Soares. Quem está à frente desse movimento é a assistente social Sheila De Marco, que desde 2012 integra o quadro funcional da San Remo.

Além das mudanças que envolvem a rotina dos funcionários, o refeitório da empresa foi remanejado, de forma a garantir maior ventilação no espaço e distanciamento entre os funcionários. As refeições foram readaptadas para contemplar ingredientes ricos em vitaminas C e D, colaborando assim com o aumento da imunidade dos mesmos. A partir de uma rede solidária criada entre as famílias, as esposas dos funcionários confeccionam máscaras descartáveis para serem utilizadas no ambiente de trabalho. E todos receberam, além da cesta básica, produtos de higiene pessoal e para a limpeza da casa. Funcionários que integram o grupo de risco, como diabéticos, portadores de problemas respiratórios e cardiopatas, são mantidos em casa pela construtora.

Assistência social na San Remo
“Inicialmente a Sheila foi contratada para atuar no terceiro setor, com as ONGs que nós já ajudávamos”, diz Aline. Segundo ela, a atuação de uma assistente social na área da construção é incomum, o que representa uma grande perda para todos. Com a frequente visita da profissional às obras, foram realizadas pesquisas com funcionários e, a partir daí, sentiu-se a necessidade de visitas domiciliares para conhecer as famílias e montar projetos focados na realidade apresentada por elas. “Na época da pesquisa identificamos muitos casos de desestrutura familiar causada pelo uso de drogas e pelo alcoolismo”, conta.

Assim, a empresa focou no incentivo à participação em grupos dos Alcoólicos Anônimos (AA), ida a igrejas e implementação de plano de saúde para os funcionários e suas famílias. Há também o incentivo à participação em campanhas de prevenção, como Novembro Azul, Outubro Rosa, Setembro Amarelo, campanhas de vacinação, entre outras. Por lá, ainda, uma médica atende os 150 funcionários e suas famílias, colaborando para a formação de um ambiente familiar e motivador.

Para tratar assuntos referentes à segurança do trabalho, a empresa promove reuniões semanais com empresas especializadas em segurança e DDS (Diálogo Diário de Segurança), e realiza encontros de grupos específicos voltados para a saúde do trabalhador, reuniões motivacionais e trabalhos em equipe, com participação 100% dos funcionários.

ONGs
Atualmente, a Construtora San Remo atende quatro ONGs, com foco crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, com foco em primeiro emprego, projetos de colocação profissional e cursos diversos, fazendo contribuições financeiras mensais.

Crédito: Divulgação – Fchada Queen Victoria
Fonte: MComm Comunicação Dirigida

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar