Indústria Imobiliária

Construtora paranaense aumenta vendas em meio à crise com negociação online e condição de pagamento inédito

Crescimento foi de mais 100% com todos os contratos assinados de forma remota

 

Crescer em meio à crise. Essa parece ser uma das expertises de muitas empresas paranaenses. O mercado da construção civil, aquecido em 2019, tem enfrentado de forma arrojada as novas condições estabelecidas pela pandemia do coronavírus.

Após cinco anos de recessão o segmento cresceu, de acordo com o IBGE, 1,6% em comparação ao ano anterior (2018). Para 2020, a projeção era de 3%, antes da chegada da pandemia mundial. Porém, mesmo assim, algumas empresas estão atuando de forma inovadora no mercado e garantindo bons resultados, como a Construtora e Incorporadora Pride.

Desde o segundo semestre de 2019, a empresa já iniciou o processo de assinaturas de contratos de forma 100% remota. Do segundo semestre do ano passado até o primeiro deste ano, o crescimento nessa modalidade foi de 542%. “Sempre estamos atentos às novidades tecnológicas que surgem, sejam elas no campo da construção civil ou não. Muitos de nossos processos internos também já estão automatizados, o que nos ajudou muito nos processos de home office”, destacou o Diretor de Novos Negócios, Leonardo Manenti.

Uma análise do crescimento durante a pandemia, mostrou que de janeiro a maio do ano passado comparado com o mesmo período de 2020, o crescimento de unidades vendidas foi de 101,1%. “Colocamos no mercado, uma campanha de vendas arrojada. Em 60 dias foram vendidas mais de 150 unidades do London Park, case de sucesso em Londrina, no Norte do Paraná, que temos certeza que será seguido em muitos outros empreendimentos”, explicou Manenti.

Em maio, a Pride colocou à disposição dos consumidores condições especiais de compra da casa própria. Em todos os empreendimentos, a entrada fica para janeiro de 2021 e caso o interessado perca o emprego, esse valor é postergado para junho de 2021.

Atraída pelas condições especiais a vendedora Diana da Silva Santos, realizou o sonho da casa própria. Vinda do interior de São Paulo, a jovem de 19 anos, estuda Engenharia Civil na Universidade Estadual de Londrina. “Eu achei que não conseguiria, porque sou muito jovem e achei que não iam aprovar minha ficha, mas fiquei surpresa que em dois dias os documentos já estavam todos finalizados. Em breve, terei meu primeiro apartamento”, comemorou.

Em meados de outubro, a Construtora e Incorporadora Pride entrega mais de 290 unidades em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba. Outros empreendimentos estão em execução em Curitiba, Pinhais, Ponta Grossa e Londrina. Totalizando mais de 1.500 unidades habitacionais.

Crédito: Divulgação
Fonte: Excom

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar