Indústria Imobiliária

Átman Cabral conquista primeiro Selo Procel de Edificações do Sul do Brasil

A certificação atesta o grau de eficiência energética presente no empreendimento da Incorporadora MDGP, igualando-o a projetos internacionais 

 

O residencial Átman Cabral, empreendimento da Incorporadora MDGP em fase de obras na capital paranaense, acaba de conquistar o Selo Procel de Edificações, outorgado pela Eletrobrás. A certificação identifica as edificações que apresentam as melhores classificações de eficiência energética, motivando o mercado consumidor a adquirir e utilizar imóveis mais eficientes. O Átman Cabral é o primeiro empreendimento do Sul do país a garantir o Selo Procel de Edificações. Há apenas outros três certificados no país, todos localizados em São Paulo.

Para a obtenção do Selo Procel de Edificações, é necessário ter primeiramente a Etiqueta PBE Edificia, do Programa Brasileiro de Etiquetagem, em nível A – o máximo concedido pelos órgãos certificadores. A etiqueta, concedida pelo Inmetro, avalia e legitima o desempenho energético das edificações. Ambos os selos são outorgados tanto na etapa de projeto, válido até a finalização da obra, como na etapa da edificação construída. Eles são emitidos pela Eletrobras, após a avaliação realizada por um Organismo de Inspeção Acreditado (OIA) pelo Inmetro, com escopo de Eficiência Energética em Edificações – OIA-EEE.

Com a conquista dos selos, a MDGP sai na frente e dá um importante passo para contribuir com que o Brasil ingresse em pé de igualdade no rol de países onde este tipo de certificação é obrigatória para que os projetos sejam executados, comemora o diretor da MDGP, Marlus Dória. “Esta é uma notícia muito importante, pois demonstra que estamos no caminho certo em relação a nossos valores como incorporadora, ao primar por soluções e tecnologias que revertam em um morar mais seguro, confortável e eficiente.”

Selo PBE Edifica
O Selo PBE Edifica concedido ao Átman Cabral é semelhante aos que podemos ver nos aparelhos eletrodomésticos, que alertam e atestam sobre o nível de eficiência energética. “Quando o consumidor compra um produto, sabe que precisa verificar o quanto ele gasta de energia, por um melhor custo-benefício. A ideia para as construções energeticamente sustentáveis é exatamente a mesma, com objetivo de motivar o mercado consumidor a utilizar imóveis mais eficientes”, destaca Dória. 

Segundo o diretor da MDGP, estima-se que o morador do Átman Cabral tenha uma economia efetiva de energia em 20%, em comparação a um imóvel convencional. Na avaliação do engenheiro ambiental Eduardo Mattos, da Forte Desenvolvimento Sustentável, empresa responsável pela certificação do edifício, junto com a Fundação Vanzolini (USP), a redução de demanda na rede elétrica é a principal forma de reduzir o consumo energético. “Contribui positivamente com o meio ambiente, visto que a matriz energética do empreendimento suporta um número maior de pessoas, reduzindo também a geração de gases de efeito estufa por habitante.”

Para garantir o selo PBE Edifica, foram analisados diversos itens do empreendimento residencial, como o sistema de aquecimento de água, equipamentos das áreas comuns, elevadores, bombas, iluminação e projetos de climatização. Além disso, foram avaliados todos os elementos construtivos que estão em contato com o meio externo da edificação, considerando, inclusive, edifícios vizinhos e vegetação nas diferentes estações do ano.  

Sobre o Átman Cabral
O Átman Cabral é um empreendimento exclusivo da MDGP, com participação da Aurora Centennial. O moderno prédio, que já está em processo de construção e tem previsão de entrega até agosto de 2022, vai contar com duas torres com um total de 24 apartamentos, com plantas a partir de 209 metros quadrados. O Átman Cabral foi planejado para ser mais eficiente energeticamente e em novembro de 2020 conquistou o selo PBE Edifica – nível A. Antes, já contava com a certificação do GBC Brasil Condomínio, que atesta alto desempenho econômico, social e ambiental.

O empreendimento de alto padrão é assinado por grandes nomes como Triptyque Architecture, Escritório Burle Marx, BST Arquitetura e Studio Regina Bruni. Mais informações  acesse www.mdgp.com.br 

A MDGP – Incorporadora com mais de 10 anos de atuação em Curitiba, reúne profissionais experientes e com vontade de empreender de forma moderna e diferenciada, tem à sua frente o engenheiro civil Marlus Doria, com 28 anos de experiência no mercado imobiliário. Em suas parcerias, conta com a participação da Aurora Centennial, grupo centenário de origem familiar que opera no Brasil, Estados Unidos e Europa e atua nos setores da indústria da madeira, construção civil, tecnologia e incorporação imobiliária. Saiba mais sobre a MDGP e seus lançamentos acessando www.mdgp.com.br

Crédito: Divulgação/MDGP – Fachada do Átman Cabral.
Fonte: Ieme Comunicação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar