Eventos

Sobratema apresenta panorama do mercado de máquinas para construção em evento online

No final de 2020, a Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) trouxe as informações do Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, que estimava um crescimento das vendas dos equipamentos da linha amarela (movimentação de terra) em cerca de 20% neste ano, após ter obtido uma elevação de 22% ano passado ante 2019, chegando a 19,6 mil unidades vendidas.

Contudo, esse percentual de crescimento pode ser maior, uma vez que o cenário atual está bastante atípico devido às consequências globais e locais trazidas pela pandemia. O fato é que, conforme a avaliação de especialistas do Webinar Sobratema O Momento do Setor de Máquinas na Construção – Os fatos que impactam o mercado, realizado no dia 20 de maio, construtoras, mineradores, locadoras, produtores rurais e indústrias do agronegócio viram uma oportunidade de antecipar a renovação de suas frotas.

Diante desse panorama, a Sobratema promove no dia 22 de julho, um novo evento online, o Webinar Atualização das Tendências no Mercado da Construção, com o objetivo de fornecer informações e dados recentes do mercado de máquinas, trazendo avaliações sobre o primeiro semestre de 2021 e o que esperar para o segundo semestre.

Para isso, a entidade reunirá os quatro especialistas que participaram do tradicional evento Tendências no Mercado da Construção, onde foi apresentado as projeções do setor: o vice-presidente da Sobratema, Eurimilson Daniel, o economista Luís Artur Nogueira, o coordenador do Estudo de Mercado, Mário Miranda, e o consultor Yoshio Kawakami.

Com transmissão a partir das 15h00, pelo Canal da Sobratema no YouTube, o evento virtual será aberto pelo engenheiro Afonso Mamede, presidente da Sobratema, e é direcionado para todos os profissionais das áreas da construção, de locação e de equipamentos, fornecedores e prestadores de serviço, instituições financeiras, agentes públicos e representantes de entidades setoriais.

Crédito: Divulgação

Fonte: Mecânica – Comunicação Estratégica

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar