Social

Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii conquista Prêmio Sesi ODS

Instituição que atua em Londrina ficou com a primeira colocação

 

Os melhores projetos para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU foram reconhecidos na terceira edição do Prêmio Sesi ODS, que premiou indústrias, empresas, poder público, organizações da sociedade civil e instituições de ensino.

O Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii, de Londrina, conquistou o 1º lugar na categoria Organização da Sociedade Civil, a nível Federal, pelo trabalho social desenvolvido pela entidade. A revelação dos vencedores aconteceu durante o Congresso ODS, realizado no dia 30 de outubro, no Campus da Indústria, em Curitiba.

A terceira edição do prêmio contou com a inscrição de 361 instituições de todo o Paraná, que enviaram suas melhores práticas para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). O Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii apresentou o Projeto Criando Arte, que tem o objetivo de repensar o reaproveitamento de resíduos da construção civil, minimizando os impactos causados ao meio ambiente e estimulando o empoderamento das mulheres.

Simoni Bianchi, presidente do Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii, com o Prêmio Sesi ODS


Por meio do projeto são oferecidas várias oficinas de artesanato sustentável para a comunidade de Londrina, com foco em mulheres de bairros carentes e em situação de vulnerabilidade social. Todo o material utilizado é proveniente da construção civil, restos que antigamente iam para o lixo.

“Receber o Prêmio SESI ODS é uma honra para o Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii. A Agenda 30 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) faz parte de um Protocolo Internacional assinado em 2015 por 193 países, durante a Assembleia Geral da ONU. Na ocasião o Governo Brasileiro assumiu o compromisso de adotar metas de desenvolvimento sustentável a serem alcançadas até 2030. Conquistar o 1º lugar nesta categoria nos enche de orgulho e reforça nosso compromisso com a cidadania e sustentabilidade, zelando pelo próximo e pelo Meio Ambiente”, celebra Simoni Bianchi, presidente do Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii.

 

 

Sobre o Grupo A.Yoshii
A A.Yoshii Engenharia foi fundada em 1965 pelo engenheiro civil Atsushi Yoshii, em Apucarana (PR) e em 1969 transferiu sua sede para Londrina (PR). No início, cresceu executando obras pelo regime de empreitada global e, atualmente, desenvolve obras de grande porte, como usinas de açúcar e álcool e fábricas de papel e celulose.

No segmento de incorporação, com empreendimentos residenciais e comerciais construídos em importantes cidades do Paraná, a A.Yoshii se destaca pela qualidade e pontualidade na entrega. Em 2009, criou a Yticon, marca do Grupo focada no desenvolvimento de empreendimentos econômicos para quem procura seu primeiro imóvel.

Uma das características marcantes da empresa é atuar com equipe própria na execução de obras. Com isso, a A.Yoshii se diferencia pela qualidade dos projetos, respeito aos prazos e atendimento ao cliente. O resultado figura em premiações e rankings nacionais realizados por grandes veículos de comunicação como o jornal Valor Econômico, revista Você S/A, e rankings como o Great Place to Work e ITC – Inteligência Empresarial de Construção, além do Prêmio VivaReal.

Crédito: Divulgação
Legenda Foto Destaque: A revelação dos vencedores aconteceu durante o Congresso ODS no Campus da Indústria, em Curitiba
Fonte: Central Press

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar