A incrível beleza escondida no norte do Chile

Hoje o Chile é um dos destinos mais procurados por brasileiros, principalmente por aqueles que estão embarcando agora na vida de viajante. Com lugares incríveis de norte a sul, um dos que mais tem chamado a atenção dos viajantes é o Deserto do Atacama, no norte do país.


Sua extensa área está a 2.440 metros acima do nível do mar, sendo que alguns passeios podem te levar a pontos acima dos 5.000 metros.
Não tenha dúvidas quando alguém falar pra você que a paisagem no Atacama é diferente de tudo que existe no mundo. É a pura verdade! Um incrível cenário que mistura vulcões, montanhas nevadas, dunas, vales, gêiseres e lagos coloridos que parecem pinturas.

San Pedro de Atacama
Voltada para o turismo na região, a cidadezinha de San Pedro de Atacama é o ponto de partida para quem quer explorar o deserto.
Com menos de 2.000 habitantes, a cidade está localizada a 2.400 metros de altitude e é um ponto de encontro de viajantes vindos dos quatro cantos do mundo.


Pelas ruas podemos ver hostels, hotéis, pousadas e as agências que levam os viajantes para os passeios no deserto. Apesar de pequena e quase parecer um cenário de uma cidade que parou no tempo, San Pedro atende muito bem aos viajantes. Existem várias opções de restaurantes e lojinhas, para todos os gostos e bolsos. Não deixe passar a oportunidade de andar sem rumo pelas ruelas da cidade, tanto de dia quanto à noite… garanto que você vai ter uma das mais belas vistas do céu da sua vida.

Paisagens de tirar o fôlego
O Atacama não é um deserto comum, onde só se vê areia para todos os lados. As paisagens por lá surpreendem e fazem qualquer viajante ficar de boca aberta. As Lagunas Altiplânicas, por exemplo, localizadas a 115km de San Pedro, fazem parte da Reserva Nacional Los Flamencos e são um dos lugares mais visitados no deserto.


A paisagem é simplesmente de arrepiar! Se as fotos parecem uma pintura, estar lá parece um sonho. Os lagos refletem o desenho dos vulcões no horizonte e o silêncio só é quebrado pelo barulho no vento. 


Outro passeio que faz o coração dos viajantes bater mais forte é o de Piedras Rojas, a mais ou menos 4.000 metros de altitude, com um cenário tão surreal que parece uma viagem para outro planeta. O vermelho das pedras se contrasta com o éu azul e com um lago verde de encher os olhos. Um espetáculo da natureza que nos deixa sem palavras para descrever.

Dos Vales aos Vulcões
O passeio pelo Valle de la Luna e Valle de la Muerte foi o primeiro que fiz no Atacama e sem dúvida merece destaque. Nessa aventura podemos viajar por entre as formações rochosas e dunas da Cordilheira do Sal e também por entre o Cânion das Cuervas de Sal.
A beleza do passeio fica ainda mais especial durante o pôr do sol, quando o colorido do céu transforma a paisagem do Valle de La Luna.


Para quem gosta de aventura, o Deserto do Atacama também é um prato cheio. Bike, trakking e sandboard estão entre as opções disponíveis para os viajantes. Para os mais aventureiros, a ascensão ao topo de um vulcão pode ser uma conquista espetacular.
Com incríveis 5.600 metros de altitude, o Lascar é considerado o vulcão mais ativo do norte do Chile e pode ser um dos passeios mais emocionantes que você vai fazer no deserto. Pode acreditar, é uma experiência para levar para a vida!! 


Dicas do Atacama
- Vá preparado para enfrentar baixas temperaturas! Independente da época do ano que você for, durante a noite faz muito frio no deserto. Como alguns passeios começam antes do sol nascer, não é difícil enfrentar temperaturas negativas.
- Fique pelo menos 5 dias no deserto! Para ter uma experiência real e aproveitar o Atacama de verdade, eu recomendo que você fique pelo menos 5 dias por lá. Assim você poderá se aclimatar com a altitude e fazer os principais passeios.
- Mantenha-se hidratado e proteja-se do sol! O Atacama é um dos lugares mais secos do planeta, por isso é extremamente importante se hidratar. Sempre carregue com você uma garrafinha de água, além de óculos de sol e um boné ou chapéu. Protetor solar sempre!

Robson Franzói
Autor do blog UmViajante.com.br, o jovem é apaixonado por viagens, fotografia e ama descobrir lugares novos. Recentemente fundou com mais um amigo o Café do Viajante, em Curitiba. Um lugar para quem ama cafés e viagens.
Fotos: Robson Franzói