Lifestyle

Chegou o verão: manual prático para garantir a limpeza e a manutenção da piscina nos dias quentes

Quando as temperaturas começam a subir, todo mundo corre direto para a piscina.

 

Porém, para assegurar os momentos de lazer e diversão de forma segura, é preciso entrar de cabeça no processo de limpeza e manutenção do local. Pensando nisso, o coordenador técnico da Maria Brasileira, franquia de serviços e cuidados, João Pedro Lucio, preparou um guia completo de como deixar a piscina pronta para receber o Verão. Confira!

:: É preciso limpar a área externa
Antes de qualquer coisa é crucial que toda a área ao redor da piscina esteja limpa, dessa forma é possível evitar que alguma sujeira externa caia na água e prejudique a sua qualidade. “O vento faz com que tudo que estiver no entorno da piscina, como poeira e pequenas folhas, acabe se instalando na sua superfície, nas bordas ou até mesmo se concentrem no fundo”, afirma o coordenador técnico da Maria Brasileira, João Pedro Lucio.
Portanto, o indicado é iniciar a limpeza varrendo o chão e aplicando os produtos de limpeza necessários, de acordo com o tipo de piso. No caso de gramado ou jardins, é preciso se atentar aos cuidados com a poda e posteriormente retirar qualquer vestígio de folhas, plantas e insetos que possam vir a cair dentro da piscina.

:: Partindo para a piscina
Limpeza externa, ok! Agora é hora de dar um trato na água que fará a diversão da galera. O primeiro passo é remover, com o auxílio de uma peneira ou aspiradores apropriados, as sujeiras que estiverem flutuando ou no interior da piscina.
Depois é preciso verificar se o filtro da piscina está limpo e funcionando como deveria. “O equipamento é responsável por separar as impurezas da água, desempenhando um papel fundamental para garantir a usabilidade da piscina. Se não apresentar mau funcionamento, basta iniciar a função de retro lavagem que deixará o filtro como novo”, afirma o técnico da Maria Brasileira.
Terceiro passo do processo é realizar a limpeza das bordas da piscina. “Para essa região é importante aplicar um produto limpa-borda e optar por esponjas macias, pois os materiais com cerdas metálicas ou de aço podem arranhar e danificar as piscinas”, pontua.

:: Produtos químicos
Como não existe nada melhor do que nadar em águas límpidas e cristalinas, agora é o momento de aplicar os produtos que removerá todas as impurezas e deixará a piscina pronta para uso. A primeira etapa é medir e controlar os níveis de PH e alcalinidades, que indicam o teor de acidez e a capacidade da água em neutralizar os ácidos. “Existem no mercado estojos de testes para medição e alteração dos níveis, em que ambos são compostos por reagentes que, ao entrarem em contato com a água, apontam o que deve ser feito”, informa João.
Os níveis químicos, se estiverem alterados, podem prejudicar a saúde dos banhistas causando irritações na pele ou nos olhos. “A medida ideal para o PH varia de 7,2 e 7,6 e para a alcalinidade entre 80 e 120, caso o número apontado seja diferente, produtos reguladores devem ser usados.”, afirma.
A aplicação de cloro é responsável pela etapa final de preparação, eliminando todos os odores indesejáveis. Os medidores de PH e alcalinidade também apontarão os níveis de cloro na água que, caso estejam menores que 1ppm, a adição deve ser realizada para aumentar o teor de cloro podendo chegar até 3ppm.

:: Agora é hora de manter
Para quem tem piscina em casa, o correto é realizar todo esse processo de limpeza pelo uma vez a cada quinze dias, mesmo em épocas mais frias. Com a chegada do Verão e uso constante, o ideal é optar por uma manutenção semanal. “As piscinas, quando bem cuidadas, tendem a durar muito mais tempo sem a necessidade de reparos mais severos”, conta o profissional.

Sobre a Maria Brasileira
Fundada em 2012 e lançada no franchising em 2013, a Maria Brasileira é uma rede especializada na prestação de serviços domésticos, tendo como missão facilitar a vida dos brasileiros, permitindo que as pessoas tenham mais tempo livre e qualidade de vida. A franquia oferece serviços bastante diversos, sempre relacionados à limpeza e cuidados de residências e empresas, sendo que limpeza doméstica, limpeza pós obra e passadeira são seus serviços de maior demanda. Líder em seu segmento, a Maria Brasileira oferece cerca de 20 mil facilitadores, em 180 unidades, que estão distribuídas nos 24 estados brasileiros.

Crédito:  Divulgação
Fonte: BC Biz

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar