Indústria Imobiliária

Terraços como inspiração e estilo de vida

Novo empreendimento da Laguna na região do Parque Barigui,  Mai Terraces oferece residências suspensas de alto padrão em processo de certificação GBC Platinum, inédito no Brasil

 

O conforto de uma residência suspensa de alto padrão, moldada por espaços sem divisas e integrada às belezas de uma das maiores áreas verdes de Curitiba. Esse é o conceito do Mai Terraces, novo empreendimento da Construtora e Incorporadora Laguna na região do Parque Barigui. Localizado no número 99 da Rua Luisa Dariva, o residencial possui duas torres de 24 pavimentos cada, totalizando 38 unidades, uma por andar.

A concepção do empreendimento evoca justamente o terraço, elemento arquitetônico versátil usado desde a antiguidade para estreitar a relação entre o homem, a natureza e o bem-estar. Tudo com muito conforto e sofisticação, com arquitetura da Baggio & Schiavon, design de interiores da arquiteta paulistana Fernanda Marques, luminotécnica do Studio IX e paisagismo da EKF Arquitetura de Exteriores.

“O terraço traz uma sensação única de poder manter os pés na terra, o olhar ao longe e a mente elevada. É como observar as coisas de um ângulo privilegiado. O Mai Terraces oferece amplos espaços abertos e extensas sacadas em todas as unidades, o que garante uma vista exuberante de uma das regiões mais verdes e nobres de Curitiba”, convida André Marin, diretor de incorporação da Laguna.

Sustentabilidade certificada
Antes mesmo de seu lançamento, o Mai Terraces está em um processo de certificação inédito no Brasil: o GBC Condomínio Platinum, do Green Building Council.

“A responsabilidade ambiental faz parte da concepção e da construção de todos os empreendimentos Laguna. O desempenho energético do edifício, assim como o consumo de água, a geração e destinação de resíduos e a utilização de materiais regionais e recicláveis estão entre as nossas maiores preocupações. O projeto do Mai Terraces alia o que há de mais moderno na arquitetura, dispositivos com tecnologia de ponta e um excelente padrão construtivo para melhorar o desempenho da edificação e a qualidade de vida dos moradores”, detalha Marin.

Placas fotovoltaicas vão gerar 30% da energia do Mai Terraces, para atender parte do consumo das áreas comuns do empreendimento. Tendo como base os pré-requisitos do GBC, aspectos como os cuidados durante a implantação e canteiro de obras, uso racional da água, qualidade ambiental interna e inovação são características do residencial de alto padrão.

Outro diferencial do condomínio antecipa a tendência dos veículos elétricos, cada dia mais comuns: serão 38 tomadas para carros elétricos, uma por residência suspensa, e uma tomada de uso comum do condomínio com carregador.  Bicicletas elétricas também terão tomada exclusiva no residencial.

Áreas comuns integradas
O projeto de paisagismo para o Mai Terraces pensou os ambientes externos, juntamente com o bosque preservado, como um valor de identidade e qualidade de vida para os moradores. “Diferentes espaços com uma forte presença da água e da vegetação trazem um maior conforto para o convívio ao ar livre. Além das possibilidades de descanso e lazer, os espaços esportivos e de recreação foram pensados de forma ousada e com a possibilidade de serem compartilhados entre crianças, jovens e adultos”, explica Mauricio Soares Atilio, da EKF.

Entre os atributos das áreas comuns integradas estão a passarela coberta, com lounges externos e espelhos d’água, praça de esportes (quadra esportiva, espaço para treinamento funcional e playground lúdico), academia, piscinas coberta e descoberta (aquecidas), brinquedoteca com terraço, bicicletário com oficina e box para lavagem, salão de jogos, salão gourmet com churrasqueira à carvão e forno de pizza, e salão de festas para até 51 pessoas. 

Segurança e Serviços
Outro diferencial do Mai Terraces é a consultoria de segurança da empresa Haganá, que oferece serviços de ponta como proteção perimetral com sensores, sistema CFTV com câmeras de segurança nos acessos principais, portões duplos no acesso de veículos, guarita blindada, porta de entrada com senha, biometria nas portas e elevadores.

“Ficamos honrados com o convite da Construtora Laguna para fazer parte do projeto do Mai Terraces, em Curitiba. Usaremos toda a expertise de nossa equipe para trazer o que existe de mais avançado no mercado, desenvolvendo um residencial moderno e seguro, em que tranquilidade e praticidade serão parte da rotina dos moradores,” diz Mauro Sant’anna, da Haganá. 

Sobre a Construtora e Incorporadora Laguna
A Construtora e Incorporadora Laguna atua desde 1996 no mercado imobiliário. A empresa é referência na construção de edifícios residenciais, comerciais e corporativos de alto padrão. A Laguna tem como principal conceito a inovação nos empreendimentos desenvolvidos que, além de exclusivos, estão localizados nas regiões mais disputadas de Curitiba. A Laguna é a empresa do setor com maior número de projetos sustentáveis certificados ou em processo de certificação na Região Sul do país. Já são quatro projetos certificados pelo Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), um pré-certificado também pelo LEED e três em processo de certificação pelo GBC Condomínio. São eles: selos Gold e Silver para o Centro de Distribuição de São Carlos (SP), Gold para o Edifício 2820, Platinum para o escritório Laguna Edifício 2820, a pré-certificação Gold para o LLUM, ROC Batel, Almáa Cabral e Mai Terraces em processo de certificação GBC Condomínio.

Mais informações no site www.construtoralaguna.com.br ou pelo (41) 3259-1800.

Crédito: Divulgação
Fonte: Talk Comunicação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar