Indústria Imobiliária

Laguna investe em bike sharing em seus empreendimentos

Construtora incentiva uso de modais compartilhados em seus condomínios residenciais e comerciais

 

Para contribuir com a melhora da qualidade de seus clientes e incentivá-los a adotar hábitos mais sustentáveis, a Construtora e Incorporadora Laguna disponibiliza bicicletas para uso comum dos condôminos do residencial MAI Home e do comercial MAI Work, ambos na região do Parque Barigüi, em Curitiba.

Com isso, a construtora busca estimular a mobilidade sustentável e o compartilhamento de modais. “É uma tendência mundial que veio para ficar. Serviços oferecidos por empresas como a Yellow e a Grin ganharam força em Curitiba. Nos empreendimentos da Laguna, a sustentabilidade está presente desde a concepção até os serviços oferecidos. Dessa forma, as bicicletas e o bike sharing não poderiam ficar de fora”, afirma André Marin, diretor de incorporação da Laguna.

Além do MAI Home e do MAI Work, o comercial BBC (Barigui Business Center) – construído pela Teich Construtora, do Grupo Laguna – também oferece o serviço de uso comum de bicicletas para seus clientes.

 

“Trouxemos cinco bicicletas importadas dos Estados Unidos para cada empreendimento. São modelos de desempenho versátil e fácil manuseio, que unem o estilo urbano ao estímulo de uma vida mais saudável, para que nossos usuários tenham os melhores equipamentos à sua disposição”, detalha Marin.

Próximos residenciais a serem entregues pela construtora, o ROC e o LLUM, ambos no Batel, também irão oferecer o bike sharing para seus moradores. 

 

 

 

Sobre a Laguna
Para quem quer viver o melhor de Curitiba em um empreendimento contemporâneo de alto padrão, a Construtora Laguna desenvolveu o conceito de “imóveis-arte” que entregam inovação construtiva e tecnológica, projetos arquitetônicos únicos e relevantes para seu público alvo. A Laguna trabalha para entender e atender as necessidades de quem procura excelência e diferenciação. Além disso, é a empresa do setor com maior número de projetos sustentáveis certificados ou em processo de certificação no Sul do Brasil.

Crédito: Divulgação
Fonte: Talk Comunicação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar