Indústria Imobiliária

Imóvel na Flórida é alternativa de investimento seguro

Rendimento em dólar permite que investidores possam adquirir outros imóveis no Brasil

 

Os Estados Unidos sem dúvidas tem sido o destino favorito dos brasileiros, seja para passear, fazer compras ou conhecer os diversos parques que encantam seus visitantes. Não é à toa que esses turistas brasileiros ocupam o terceiro lugar entre os visitantes que mais gastam no país, atrás apenas dos britânicos e japoneses, de acordo com as previsões do departamento de comércio americano.

Mas para alguns, essa admiração foi um pouco mais além.

Muito decidiram se mudar de vez principalmente para o Estado da Flórida, lugar que concentra 22% do total de brasileiros que residem nos Estados Unidos, segundo informações do Ministério das Relações Exteriores.

Boa parte é atraída principalmente pelo clima, qualidade de vida, boas escolas e segurança.

A Flórida, principalmente a parte central do Estado, também oferece alternativas de entretenimento como Walt Disney World, Universal Studios, Sea World, centros esportivos de tênis e golfe, além de clínicas e hospitais que dispõe de tratamentos inovadores, que projetam o lugar no cenário mundial de medicina.

De acordo com Pablo Farias, especialista no mercado imobiliário americano e que há mais de dez anos brasileiros atende interessados em comprar imóveis nos Estados Unidos, este sonho é mais simples e tangível do que a maioria imagina. “É possível inclusive adquirir uma propriedade por meio de financiamento bancário. Para isso, basta comprovar os rendimentos através de imposto de renda, carta de declaração do contador e movimentação financeira”, aponta.

Para adquirir o imóvel, é preciso efetuar o pagamento da entrada, que é na faixa de 30%, e também comprovar rendimentos declarados. O valor das parcelas a serem assumidas, em conjunto com as despesas correntes que possui no Brasil, não podem comprometer 30% da renda. “O processo de financiamento, além de simples, é relativamente rápido e possui prazo de pagamento de até 30 anos. O processo varia entre 45 a 60 dias a partir da entrega da documentação. Estão inclusos no empréstimo os valores do seguro residencial e do IPTU”, explica Pablo.

As taxas de juros do financiamento são mais atrativas, se comparadas ao Brasil. “Geralmente, os bancos praticam juros de 5%, enquanto as instituições brasileiras cobram entre 8 a 9%”, destaca o corretor.

Casas residenciais ou de temporada – ótimas opções de investimento
Outra vantagem de comprar imóveis no Estado mais ensolarado dos Estados Unidos é destinar para aluguéis com contratos tradicionais ou de curta duração. Qualquer um dos dois formatos pode resultar em um ótimo investimento, depende do foco do cliente. “A região chamada grande Orlando, que inclui também suas proximidades, permite explorar essas duas alternativas. Por exemplo, é possível ocupar uma casa apenas por uma semana com amigos e familiares, alugando o restante do ano, ao invés de deixar o imóvel parado sem uso e somente gerando despesas, enquanto os proprietários estiverem no Brasil”, explica Farias.

Para alugar imóveis em regiões residenciais, os contratos devem obrigatoriamente ter prazo superior a sete meses. “Esses locais contam com ótimas escolas públicas e por isso a demanda por locação é constante. Além disso, apresentam uma grande probabilidade de valorização em curto e médio prazo. O destaque para investimento com esse foco tem sido a cidade de Winter Garden, sobretudo os famosos projetos chamados Horizon West, que foram totalmente planejados e possuem um plano diretor inspirado num novo modelo de urbanismo”, aponta.

Pablo explica que ao dolarizar os bens, o investidor conta com a estabilidade da moeda americana que, atualmente, tem chegado a cerca de quatro vezes superior ao real. “Normalmente, quem destina o imóvel para ocupação de temporada ou principalmente contratos de locação convencionais residenciais, consegue gerar um volume de receita que permite adquirir outra propriedade no Brasil, ou até mesmo utilizar como excelente reserva financeira”, destaca.

Mas para investir em uma propriedade nos Estados Unidos é preciso contar com o auxílio de um profissional experiente e capacitado.

“Apenas quem conhece o mercado, as tendências e o seu público alvo pode apontar as melhores alternativas de acordo com a finalidade de uso da propriedade, perspectiva de valorização e liquidez atual e futura”, conclui o corretor.

Sobre Pablo Farias
Pablo Farias é brasileiro, naturalizado americano e atua como corretor de imóveis no Estado da Flórida. Ele é especializado em Central Flórida, sobretudo na região chamada grande Orlando. Seu trabalho tem conquistado grande destaque em qualidade do atendimento que se traduz em volume de vendas, principalmente nas cidades de Winter Garden, Windermere, Orlando, Celebration, Clermont, Davenport e Kissimmee, apesar de realizar outras vendas nas mais diversas cidades do Estado. Mora com sua a família nos Estados Unidos desde 2006, optando por investir no país, por tudo que representa e pelas oportunidades que oferece nos mais variados segmentos

Crédito: Divulgação
Fonte: Carolina Lara – Assessoria de Imprensa e Conteúdo

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar