Indústria Imobiliária

Cinco dicas úteis para comprar um imóvel usado

Vice-presidente de lançamentos e comercialização imobiliária do Secovi-PR, Luciano Tomazini, explica algumas regras básicas para fazer um bom negócio

 

O mercado imobiliário tem um grande volume de possibilidades de compra, segundo a última pesquisa do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), do Secovi-PR. Muita gente tem o sonho de deixar o aluguel para realizar o sonho da casa própria.

O vice-presidente de lançamentos e comercialização imobiliária, Luciano Tomazini, destaca cinco dicas práticas para quem deseja fazer a aquisição. “Os imóveis usados podem ser mais interessantes para muitas pessoas, pois seus preços são mais acessíveis e, em determinados tipos, são mais vantajosos que os lançamentos”, destaca.

Primeira: a escolha
Dentro de suas expectativas, defina qual o tipo de imóvel mais lhe agrada como, por exemplo, apartamento, casa ou sobrado; depois disso, o número de quartos você precisa e o tamanho deles. É interessante ter em mente a localização desejável e pesquisar os imóveis que mais te agradam.

Segunda: o orçamento
Faça as contas para delimitar qual sua real capacidade de investimento para a aquisição. Veja sua capacidade de financiamento, mas não esqueça de observar quais as taxas de juros das instituições financeiras e, ainda, a possibilidade de utilizar o FGTS para dar de entrada no negócio.

Terceira: tenha uma boa assessoria
Busque uma imobiliária para ter a ajuda de um especialista. A empresa terá, em sua cartela de clientes, diversas opções e tendo por base o seu imóvel ideal, será mais fácil para você concretizar o negócio. Procure visitar as unidades que estão dentro das suas possibilidades e que atendam suas necessidades.

Quarta: as condições do imóvel
Verifique o estado de conservação da construção, principalmente, as instalações elétricas e hidráulicas, se não há rachaduras ou trincas nas paredes ou pisos. No caso de condomínios, busque saber o valor das taxas.

Quinta: a documentação
Um dos quesitos que devem ser bem observados está relacionado à documentação do imóvel, pois esse é um dos detalhes que podem lhe dar problemas posteriores. Por isso, o auxílio de uma boa imobiliária é fundamental, pois nada melhor do que poder contar com um especialista nestes momentos. Lembre-se, uma residência é um bem durável, então todos os detalhes precisam estar dentro de suas expectativas, afinal, não se troca de casa todo ano.

Crédito: Divulgação
Fonte: Lide Multimidia

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar