Indústria Imobiliária

Aumentam os financiamentos para o setor imobiliário em Curitiba

Crescimento foi de 37% em 2019 em relação a 2018

 

Dados do Inpespar – Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial e do Secovi-PR – Sindicato da Habitação e Condomínios do Estado do Paraná informam que houve aumento nos financiamento de imóveis em outubro na capital.

A pesquisa teve a participação de uma amostra de imobiliárias que representa mais de 30% do mercado imobiliário em volume de imóveis e mostra que a estimativa de negociações de residenciais apresentou alta de 0,4% no último trimestre em comparação com o mesmo período de 2018. Já nos comerciais, a alta foi de 36,4% no mesmo período comparativo.

De 2018 para 2019, o crescimento de imóveis financiados apresentou um aumento de 37%, passando de 41,5% em outubro do ano passado, para 57% no mesmo período de 2019. Em janeiro desse ano, esse índice estava em 46,9% de imóveis vendidos por financiamento.

De acordo com Luciano Giongo Tomazini, vice-presidente do Inpespar e vice-presidente de lançamentos e Comercialização imobiliária do Secovi-PR, o aquecimento do mercado, representado pelo crescimento nos índices de financiamentos de imóveis, é justificado devido à queda nas taxas de financiamentos, bem como na oferta maior de crédito.

A oferta do número de imóveis residenciais em Curitiba, comparando o último trimestre desse ano (agosto, setembro e outubro) com o mesmo período de 2018, apresenta uma queda de 2,9% e um aumento de 0,4% em relação ao mesmo período de 2017. Já em relação aos comerciais, comparando os trimestres, 2019 teve aumento de 11,2% com relação a 2018 e um aumento de 11,4% com 2017. O número de terrenos apresentou queda de 2% no trimestre comparado com 2018 e de 0,1% se comparado com 2017. A venda de usados sobre oferta de residenciais, no último trimestre, teve aumento de 0,1pp (ponto percentual) acima do mesmo período de 2018. Já em relação aos comerciais, houve aumento de 0,3pp na média do trimestre desse ano com ano passado e, em comparação com o mesmo período de 2017, queda de 0,3pp.

Crédito: Divulgação
Fonte: Lide Multimidia

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar