Artigos

Instituto Alphageos de Tecnologia: Inmetro habilita 1º instituto de capital totalmente brasileiro apto a realizar inspeções em projetos e obras de concessões em 12 áreas

“A Inspeção Acreditada é usada mundialmente para mitigar riscos nos projetos e obras de infraestrutura, além de atestar conformidade técnica, aumentando a previsibilidade econômica e de tempo de execução e entrega das obras”, aponta Pedro Bruno Barros, da SPPI, Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos. O Instituto nasce para preencher lacuna histórica e necessária para o cenário atual de desenvolvimento do País.

O Instituto Alphageos de Tecnologia é o único totalmente nacional a receber Acreditação da Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro para inspecionar e certificar os Projetos e Obras de concessões em 12 setores, que incluem Aeroportos, Portos, Rodovias, Ferrovias, Mineração e Energia, entre outros. No Brasil, a certificação só pode ser feita por órgãos devidamente Acreditados.

O Instituto Alphageos foi criado e submetido a um minucioso processo de auditoria até receber certificação. “Sempre foi meu sonho e de meu pai [Ruy Baillot] ter um instituto de certificação, aumentando o portfólio do grupo”, comemora Paula Baillot*, presidente do Grupo Alphageos, que há mais de 30 anos atua nas áreas de sondagens a percussão, projetos de fundações, escavações, terraplenos, supervisão, fiscalização e auditoria da qualidade de obras e está entre as líderes desse mercado.

A chegada do Instituto complementa o escopo de serviços oferecidos pelo Grupo Alphageos ao cobrir as áreas de qualidade, checagem, verificação, auditoria, inspeção e certificação. A SPPI (Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos) do Governo Federal lançou, em dezembro de 2017, uma normativa recomendando que toda e qualquer concessão governamental passe pelo processo de inspeção acreditada. A certificação de conformidade deve ser emitida por um organismo independente, de terceira parte, devidamente acreditado.

O Inmetro também ressalta a relevância, e mais do que isso, a necessidade de entidades capacitadas para realizar o trabalho de certificação, a que o Instituto Alphageos está habilitado, preenchendo uma lacuna histórica.

O que diz o Inmetro
“É muito importante haver organismos de inspeção acreditados pelo Inmetro para empreendimentos de infraestrutura, pois sua atuação amplia a confiança no cumprimento dos prazos e orçamentos”, analisa Aldoney Freire Costa, coordenador-geral de acreditação em exercício da CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro). Esta atividade chega para atender a uma demanda do Governo brasileiro em razão de seu papel essencial durante o processo de realização dos estudos de viabilidade, projetos de engenharia e na avaliação da execução das obras de empreendimentos de infraestrutura, fruto da parceria entre setores público e privado.

“A Inspeção Acreditada prevê a verificação da viabilidade Econômica do Projeto e a inspeção técnica e financeira da Obra, atestando um controle efetivo de qualidade, prazos e custos.” exemplifica Péricles Arilho**, diretor do Instituto Alphageos com mais de 20 anos de experiência nessa área. “Esse tipo de controle é o que o Brasil precisa para dar transparência e atender aos critérios de Compliance que a indústria da Construção Civil tanto precisa.”

O caráter liberal do governo do presidente Jair Bolsonaro e da gestão do governador paulista João Dória, nos quais as concessões e privatizações ocupam posição de destaque, torna bem-vindo o advento das inspeções acreditadas, especialidade do Instituto Alphageos.

Se consideradas todas as obras relativas às concessões para a iniciativa privada, o montante total para este ano somente gira em torno de R$ 300 bilhões.

Compliance
A inspeção acreditada assegura que a empresa atende integralmente as normas do Compliance, pois desde o início inspeciona o projeto e verifica se o valor da obra não será ultrapassado, além de garantir velocidade, economia, qualidade e segurança das obras. Relatórios de Inspeção contam em sua produção, do acompanhamento das obras por meios digitais e “in loco”, com visitas não-programadas, e após sua conclusão são encaminhados para a empresa vencedora da licitação, ao Inmetro e órgãos do governo.

As inspeções estão baseadas na norma 17020, amplamente adotada na Europa, especialmente na Itália. Ele prevê desde o controle de qualidade da matéria prima, às obras, passando pelo projeto à fiscalização da segurança dos trabalhadores. Acesse: http://www.institutoalphageos.com.br/ .

*Paula Baillot – Presidente do Grupo Alphageos Tecnologia Aplicada, e da ABRATEC – Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Construção Civil, diretora do Sinaenco – Sindicato da Arquitetura e da Engenharia. É Engenheira Civil formada pela Escola de Engenharia da Fundação Armando Álvares Penteado, pós-graduada em Gestão Empresarial pela Escola Trevisan, tem MBA em Marketing pela FGV – Fundação Getulio Vargas e também formação em Gestão Empresarial pela Universite Paris 1 Pantheon Sorbonne. 

** Péricles Arilho, Diretor Geral do IAT – Instituto Alphageos de Tecnologia, executivo com mais de 20 anos de experiência nas áreas de Marketing, Vendas e Desenvolvimento de Negócios em empresas nacionais e multinacionais – é Engenheiro Eletrônico formado pela Universidade Mackenzie, pós-graduado em Marketing na Fundação Armando Álvares Penteado, com MBA em General Management pelo Insper e Programas Executivos de Liderança pelo Instituto Disney e pela Universidade de Yale nos Estados Unidos.

Crédito: Divulgação
Fonte: Galeria de Comunicações

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar