Arquitetura Artigos

Florense Carlos de Carvalho se destaca como empresa Verde

Marca foi pioneira entre as fábricas de móveis brasileiras na conquista do certificado de gestão ambiental ISO 14001.

O cuidado com o meio ambiente é um dos grandes anseios da sociedade atual. Diante disso, muitas empresas já adotam uma política “verde” em seus processos produtivos. A Florense é um exemplo de empresa que está sempre em busca de novas oportunidades para tornar seus processos cada vez mais ecologicamente corretos.

A marca foi pioneira entre as fábricas de móveis brasileiras na conquista do certificado de gestão ambiental ISO 14001, obtido em janeiro de 2001. A certificação foi concedida após uma rigorosa série de auditorias, que atestaram amplo e real comprometimento da empresa com a preservação do meio ambiente.

A importância da sustentabilidade para a Florense não é apenas de ordem comercial e valorização da marca, mas sim uma preocupação trazida já pelos fundadores da empresa (primeira geração de comando), com vistas a seus filhos e às futuras gerações.

“A percepção de que o meio ambiente precisa ser preservado vem de longa data, muitos anos antes da sustentabilidade tornar-se uma palavra da moda e até de ordem, e a colocação desse conceito em prática também, o que resultou em que a empresa fosse a primeira fábrica de móveis do Brasil a conquistar o certificado de gestão ambiental ISO 14001”.
Nelson Calcagnotto – sócio-proprietário da Florense Carlos de Carvalho

Os critérios de gestão avaliados para o ISO 14001 envolvem todos os aspectos relativos à sustentabilidade, desde a origem, forma de extração e processos produtivos das matérias-primas até a destinação final dos resíduos industriais, passando por todas as etapas de usinagem, logística e manuseio de materiais. Ou seja, os processos devem ser realmente corretos do ponto de vista ecológico. O certificado ISO 14001 foi concedido pela DetNorskeVeritas e homologado no Brasil pelo Inmetro, credenciando a Florense como empresa verde.

Com relação às matérias-primas, as lâminas de madeiras nobres utilizadas pela Florense no acabamento dos móveis são importadas, extraídas de florestas com manejo controlado e certificadas FSC. Os laminados têm proteção antibacteriana Microban, que controla o desenvolvimento de micro-organismos.Tudo isso resulta em uma harmônica relação entre móveis high-end e sustentabilidade.

Economia de Energia Elétrica

Entre as ações da Florense dentro do conceito de sustentabilidade, está a compra voluntária de energia elétrica gerada através de fontes renováveis − eólicas, usinas de cana-de-açúcar, PCH −, evitando a emissão de gases de efeito estufa para a atmosfera. A ação é certificada pela Sinerconsult e pela Comerc Energia, comprovando que os resultados atendem aos princípios do GHG Protocol Corporate Standard, da The Greenhouse Gas Protocol Initiative, ONGs e governos de todo o mundo no levantamento de emissões de gases de efeito estufa. A metodologia de cálculo foi desenvolvida pelo WRI − World ResourcesInstitute.

Desde que este processo foi iniciado, em 2012, deixou-se de emitir 1.015,85 toneladas de CO², que são equivalentes a 7.110 árvores.

Carbon Free

O engajamento da empresa na luta pela preservação ambiental vai além de todos os cuidados ligados diretamente à fabricação e distribuição dos móveis. Contempla também os materiais gráficos utilizados na divulgação da marca e dos produtos. O caminho: participação no programa CarbonFree, em acordo com a The Green Initiative (Iniciativa Verde). Através deste programa, todas as emissões de CO2 originadas na produção e distribuição dos materiais gráficos são compensadas com o plantio de árvores em áreas de preservação permanente (APPs), em número quantificado cientificamente.

 

Serviço:
Florense Carlos de Carvalho
Site: www.florense.com
Instagram: @florenselifecuritiba

  • Crédito: Divulgação
    Fonte: Mcomm Comunicação Dirigida

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar