Arquitetura

Concurso para projeto arquitetônico de residencial em Curitiba inicia votação online

Os finalistas do 1° Aberto de Arquitetura WeeforArq, promovido pela Incorporadora Weeforb em parceria com AsBEA-PR, serão conhecidos no próximo dia 13 de abril, quando serão divulgados os projetos já escolhidos pelo júri e aqueles selecionados em votação pública, que ocorre pela internet até o próximo dia 12. Ao todo 87 equipes de profissionais participam do certame, representando 15 estados brasileiros e Distrito Federal.

A competição teve como objetivo desafiar arquitetos de todo o Brasil a apresentar ideias de vanguarda para um edifício residencial, em Curitiba, no Bairro Água Verde, em terreno de 1.383,60 m² e onde o uso de espaços compartilhados, jardins integrados, novas modulagens, industrialização de sistemas construtivos e respeito ao contexto urbano e à comunidade fossem levados em consideração.

A decisão, entretanto, tem como base o resultado da soma de pontos dos jurados, que avaliaram a qualidade do conceito geral do projeto e também o atendimento às diretrizes conceituais propostas, que vão desde a implantação e a contextualização urbana (relações com a via, fluxos, edificações lindeiras e atividades do entorno imediato), bem como a coerência com cenário urbano, envolvendo aspectos formais, funcionais, simbólicos, éticos e estéticos.

“O que nos impressionou muito foi o olhar urbanístico e paisagístico dos projetos apresentados, respeitando a escala do bairro e dialogando com a cultura local”, explica o  arquiteto Orlando Pinto Ribeiro, coordenador da Comissão Julgadora, ex-presidente da AsBEA/PR.

Segundo ele, essa modalidade do concurso é uma novidade que quebra paradigmas, por se tratar de uma concorrência pública, realizada por uma empresa da iniciativa privada, a qual investe em dar visibilidade a novos talentos, de forma “democrática e meritocrática”.

Outro ponto forte da iniciativa é possuir o respaldo técnico e a credibilidade de uma entidade de classe com representatividade como AsBEA/PR, que há 45 anos vem atuando para a elevação da qualidade arquitetônica no País, estando consolidada no Paraná há mais de duas décadas.

“Sem eles, nada teria acontecido”, destaca a sócia -fundadora da incorporadora Weefor, e idealizadora do concurso, Maria Eugenia Fornea, que ressaltou a importância da associação para o sucesso da iniciativa.

Há 10 anos trabalhando no mercado imobiliário, ela destaca que a ideia do Weefor Arq surgiu a partir da necessidade de envolver mais pessoas no processo de definição de ocupação do espaço urbano, incluindo os novos olhares dos participantes do concurso, mas também a participação de especialistas, engajados desde a concepção até a fase final de escolha dos projetos.

“Por isso, a comissão julgadora foi composta por pessoas de extrema relevância, o que elevou o julgamento dos projetos. Foi muito enriquecedor conseguir trazer tantas visões para a definição de um único empreendimento. Sem dúvidas, revimos o conceito de um projeto ideal como incorporadores. E o júri, composto em sua maioria por arquitetos, mas também por profissionais que atuam no mercado imobiliário, proporcionou este rico debate, com pontos e contrapontos que nos levaram a um resultado comum, de forma leve e consistente”, avaliou a representante da incorporadora.

Participe da votação online: www.weefor.arq.br/votacaopublica/

Crédito: Divulgação
Fonte: Conexa Comunicação

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar